Estudante que ofendeu nordestinos no Twitter após eleição de Dilma é condenada

16 maio

Do Sul 21:

Mayara Petruso foi condenada nesta quarta-feira (16) a um ano e cinco meses de prisão pela Justiça Federal por crime de discriminação ou preconceito de procedência nacional. No dia em que DilmaRousseff foi eleita à presidência da República, em 2010, Mayara, paulista e eleitora de José Serra, postou a seguinte frase no Twitter: “Nordestisto (sic) não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado”. A pena foi revertida para prestação de serviços comunitários e pagamento de multa. Em sua defesa, a acusada alegou não ser preconceituosa e ter agido por impulso após a derrota de seu candidato à presidência. Ela também afirmou que precisou sair da faculdade de Direito após o ocorrido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: