Baltasar Garzón comandará defesa de Julian Assange e do Wikileaks

24 jul

Do Sul 21:

O juiz espanhol Baltasar Garzón assumirá a direção da equipe de advogados que representa Julian Assange e o site Wikileaks no processo movido pelos Estados Unidos. O jurista já se reuniu com Assange, que ainda aguarda resposta sobre pedido de asilo ao governo do Equador na embaixada do país em Londres. Garzón manifestou sua preocupação quanto à ausência de garantias e o assédio a que está sendo submetido o fundador do Wikileaks.

Julian Assange ingressou na sede diplomática equatoriana em junho para evitar a sua extradição para a Suécia – onde sofre processo por suposta tentativa de estupro. Por conta desse processo, ele estava sob prisão domiciliar em Londres e seria extraditado para o país escandinavo. Ele acredita que, uma vez em solo sueco, seria detido e levado para os Estados Unidos, onde o governo de Barack Obama já realizou um processo conhecido como “grande júri” para preparar uma possível acusação criminal contra Assange, ainda que o procedimento seja secreto até emitir a sua conclusão.

O site Wikileaks, criado pelo australiano Julian Assange, vazou milhares de documentos oficiais de diversos países, inclusive dos Estados Unidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: