Fórum pela Paz na Colômbia – Tarde de sábado tem participação de Piedad Córdoba e guerrilheiros

26 maio

Texto e fotos: Bruna Andrade, Jornalismo B

IMG_0036

Na tarde desse sábado (25), no Fórum pela Paz na Colômbia, em Porto Alegre, aconteceu a mesa de Diálogos dos Movimentos Populares com a Mesa de Diálogo de Paz – Governo da Colômbia e FARC-EP. Através de videoconferência os integrantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) Victoria Sandino, Andrés Paris e Marco León Calarcá, que estavam em Havana para a mesa de negociações pelo fim do conflito armado entre o Governo colombiano e as FARC, responderam a perguntas dos participantes do Fórum. Entre os temas tratados pelos guerrilheiros estiveram as questões das reservas campesinas, participação das mulheres nas FARC e a importância de indígenas, afrodescendentes e campesinos no processo de construção da paz: “Na concepção das FARC, paz é sinônimo de participação popular”, disse um dos representantes dos guerrilheiros.

Durante a mesa foi apresentado um vídeo onde o Comandante Ricardo Tellez lê uma carta de saudação das FARC ao Fórum, onde ele ressalta que a organização sempre defendeu a necessidade de evitar a guerra: “Esta não é um fim para nós, recorremos a ela como única forma de luta possível diante da violência e do terror do Estado”. A carta fala também sobre os diálogos que estão sendo travados em Cuba: “Agora estamos em uma tentativa de chegar a um acordo sobre caminhos para a paz, essa é a tarefa aqui em Havana, disposição e vontade política sustentam essa decisão. O contexto internacional pressiona positivamente à construção de uma solução dialogada. O povo colombiano e suas organizações exigem seu direito de viver em paz e acompanham com força e afeto a mesa”.

IMG_0049

O Exército de Libertação Nacional (ELN) da Colômbia também mandou sua saudação através de um vídeo em que o Primeiro Comandante Nicolás Rodríguez Bautista propôs a criação “de um movimento continental pela paz na Colômbia” durante o Fórum: “Que daqui saiam sólidas bases para isso, e que se juntem a outras que já vêm trabalhando nesta mesma direção. Por isso, os dirigentes reunidos aqui não devem dispersar-se sem haver conseguido esse objetivo. Para isso, contem conosco”. O Comandante destacou ainda que o ELN acredita em uma paz popular e que na Colômbia estão em disputa dois modelos de paz: “A paz dos cemitérios, a paz oligárquica, que encabeça o presidente Santos, que busca a rendição das guerrilhas para que a Colômbia se coloque sem dificuldades nas mãos do capital transnacional; e a paz popular com a qual nos identificamos com vocês que consideram que ela significa mudanças profundos na vida polícia e social do país”.

Embora o Governo colombiano não tenha enviado nenhuma declaração ao Fórum pela Paz na Colômbia, foi exibido o vídeo em que o chefe-negociador do Governo colombiano, Humberto de La Calle fala sobre a segunda rodada de negociações com as FARC. No vídeo ele ressalta que “as FARC cumpriram rigorosamente seus compromissos, o governo também o fez, mesmo com diversas complexidades logísticas” e afirma que o processo de diálogo que está se dando nesse momento é diferente dos que ocorreram anteriormente na Colômbia: “Umas dessas diferenças é a sua mesma estrutura dividida em diversas fases: primeiro um encontro exploratório que levou a assinatura do Acordo Geral, que estabelece as condições necessárias para o término do conflito; a segunda, para chegar a um acordo sobre os pontos da agenda contidos no Acordo Geral; e uma terceira, que começa com a assinatura do acordo final com que termina o conflito armado”.

No final da tarde Piedad Córdoba, ex-senadora colombiana (que teve seus direitos políticos cassados em 2010 sob a acusação de colaboração com as FARC), e militante do movimento Marcha Patriótica, falou sobre as perspectivas de paz na Colômbia, também em uma videoconferência. Ela ainda respondeu a perguntas e recebeu um convite da deputada do País Basco Diana Urrea, para participar de uma sessão da Comissão de Diretos Humanos do parlamento basco.

Anúncios

2 Respostas to “Fórum pela Paz na Colômbia – Tarde de sábado tem participação de Piedad Córdoba e guerrilheiros”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Silêncio midiático tenta enfraquecer Fórum pela Paz na Colômbia | JORNALISMO B - 27 de maio de 2013

    […] Fórum pela Paz na Colômbia – Tarde de sábado tem participação de Piedad Córdoba e guerrilhei… […]

  2. Silêncio no Fórum de Paz na Colombia | SCOMBROS - 31 de maio de 2013

    […] Fórum pela Paz na Colômbia – Tarde de sábado tem participação de Piedad Córdoba e guerrilhei… […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: