Nota do Bloco de Lutas Pelo Transporte 100% Público – 19/6

20 jun

Somos um movimento que não nasce do nada e tampouco são novidades as lutas que fizemos nos anos anteriores pela redução da tarifa. O bloco de lutas é formado por setores dos movimentos populares, que representam diversas concepções ideológicas e que prezam pela unidade em torno da pauta do transporte 100% público, respeitando a diversidade e prezando pela autonomia e independência de classe. Este ano o Bloco surge com mais força e logramos pelas forças das ruas e da indignação popular uma importante conquista de fazer cair 20 centavos injustamente cobrados na passagem da população de Porto Alegre.

Foto: Alexandre Haubrich / Jornalismo B

Foto: Alexandre Haubrich / Jornalismo B

A luta não é por centavos e tampouco somente em Porto Alegre, pois ganhamos um caráter nacional de mobilizações que extrapola a demanda do transporte público. Hoje, já são mais de dez cidades que anunciaram a redução da tarifa. Agora somos centenas de milhares de pessoas e ganhamos as ruas do Brasil lutando por nossos direitos. O tema da Copa já é recorrente nas manifestações. A mesma massa popular que questiona o modelo de transporte questiona também os milionários investimentos públicos em estádios, as remoções das famílias, o poder da Fifa e o Estado de Exceção que vai cercear os direitos da população.

No entanto nos últimos meses sofremos uma grande investida por parte da polícia civil contra militantes do nosso movimento, jovens que estão sofrendo investigações e acusações por se manifestarem na nossa cidade. A polícia já aponta mais de 6 indiciados. E na última manifestação em que contamos com mais de 25 mil pessoas nas ruas, tivemos 60 pessoas presas e dezenas de feridos por balas de borracha, bomba de efeito moral e bombas de gás lacrimogêneo, sem falar na truculenta cavalaria que arrastou manifestantes pelas ruas de Porto Alegre. Mais do que a violência física que partiu da Brigada Militar também denunciamos a violência psicológica e a tortura que os participantes da marcha sofreram nos camburões e nas delegacias. Nós sabemos que o comando da polícia e de suas ações está sob responsabilidade política do Governador Tarso Genro. A história de criminalização infelizmente se repete como foi nos governos anteriores de Yeda e Rigotto.

Afirmamos que os vândalos são os empresários que lucram exorbitantemente sob o direito da população de ir e vir. Assim como a grande mídia que promove um discurso criminalizador dos que ousam lutar. Vândalos também são os governos que não garantem direitos básicos do povo, como saúde e educação. Bem como, se utilizam de uma falsa democracia para acomodar os interesses das elites e criminalizar os direitos de manifestação, livre associação e organização.

Lutamos por:

– Transporte 100% público, abertura das contas das empresas de transporte, passe livre para estudantes, idosos, desempregados.

– Pela retirada imediata dos inquéritos movidos contra manifestantes.

– Contra o Estado de Exceção da Copa do Mundo de 2014, comandada pela FIFA.

Saudamos com entusiasmo a luta nacional de todos os de baixo que se levantam contra as péssimas condições de vida. Pedimos a solidariedade de toda a população de Porto Alegre, movimentos sociais e populares e convocamos a se somarem nesta luta.

Dia 20 de junho, às 18h, nos concentraremos em frente à Prefeitura para mais um grande ato.

PELA SOLIDARIEDADE DE CLASSE E A FORÇA DAS RUAS 

Bloco de Luta pelo Transporte 100% Público.
Porto Alegre, 19 de junho de 2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: